quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Vivendo a vida

Gente, parecia uma coisa, meus últimos dias estavam sendo terríveis. Dentro de mim já não havia mais aquela paz interior. Eu estava ficando cansado da minha vida sem emoção. Não sei explicar muito bem, de repente as coisas começaram dar errado, meus pensamentos mudaram muito. Foi muito estranho tudo isso. Por mais que eu me esforçasse não conseguia controlar meus pensamentos, deixando apenas o lado positivo.
Mas, como tudo na vida passa, essa fase negativa passou. Agora me sinto super bem, animado com tudo e comigo mesmo, que é o principal. É interessante, nós somos igual a lua. Tem dias que estou feliz, só pensando coisas boas e ajudando o próximo, mas tem dias que já amanheço desanimado, sem vontade de fazer nada, apenas ficar em casa. Infelizmente tem gente que quando está assim, se condena, eu mesmo já fiz isso. Mas hoje não. Penso bem diferente. Não devo me condenar por estar assim. Esse tipo de mudança faz parte do ser humano, são fazes que temos que passar. E claro, contruibue pro nosso crescimento. Eu mesmo, aprendo muito com minhas fases, as boas e as ruins. Principalmente com essas ruins. Algumas pessoas até dizem que eu sou muito maduro pra minha idade. Porque a maioria dos jovens na minha idade, 18 anos, só pensam em sair por aí "curtindo a vida", sem se preocupar com as consequências depois. Mas... paciência, não é mesmo?
Ah, falar em minha idade... No dia 28/02 completarei mais um ano de vida. Impressionante, o tempo está passando muito rápido. Lembro-me quando eu era um adolescente de 14 anos. Eu sempre quis ficar de maior, acho que é a vontade da grande maioria que chega nessa idade. E eu sempre me questionava, dizendo que faltava muito tempo pra isso, quatro anos parecia uma eternidade. Foi quando finalmente chegou. Agora que já estou preste a completar 19 anos, estou um pouco assustado com isso, mas faz parte. Vou viver intensamente cada dia e deixar as coisas acontecerem no tempo certo!
Gente, mudando um pouco de assunto, falta pouco para o lançamento do meu livro. Meu coração está saltando de alegria e muita ansiedade. Nem sei mais no que pensar. Já pensei de tudo um pouco, pra tentar me controlar (risos). Essa sensação é boa, mas sempre acaba nos desgastando. Também, quem manda eu ser assim tão ansioso? Agora aguenta! O bom é que está dando tudo certo. Isso me alegra muito. Depois de tanta batalha, de tanto sofrer, gora vejo que tudo está dando certo. E fico feliz em ver que está valendo a pena correr atrás desse sonho. Porque quando eu decidi escrever livros, tudo começou dar errado. Cheguei a pensar que jamais conseguiria. Mas a vontade de vencer era maior dentro de mim, falava muito mais alto do que as frustrações, e foi isso que me fez insistir e a não desisti. Hoje jamais pararei, vou prosseguir e vou até o fim.
Agora vou ficar por aqui. Desejo um dia abençoado, cheio de luz, paz e muito amor.

2 comentários:

Fernanda Maria Rocha Mesquita disse...

Oh Joeliton, nao fiques triste! A vida e' assim ou nos somos assim... tens muita coisa para viver e para dar. Eu fiquei doente, mas ja estou bem. no dia 11 de Fevereiro fiz anos, fazemos anos no mesmo mes. ves? uma coisa engracada.
beijinhos e nao deixes a ansiedade tomar conta de ti. beijnhos de alegria. vamos sorrir na tristeza? eu dou-te a mao...

Elaine Crespo disse...

Oi! Joéliton!

Sempre bom ver um jovem com tanta clareza de idéias e maturidade e para enfrentar a vida com determinação!
Eu nos meus dias negros sou muito infantil e me fecho para o mundo. Mas cada qual com sua maneira de ser.
Mas parabéns pela sua disposição para vida!

Sim eu também escrevo mas não me sinto escritora . Vou ver se publico o meu primeiro livro de conto quando terminar um terceiro que estou escrevendo. Pois quero publicar três conto em um só livro, tipo coletânea de pequenos contos.

Bem, parabéns pelo livro e um lindo fim de semana!

Beijos

Elaine