domingo, 27 de março de 2011

Cocaína? Diga não!

Olá, leitores!

Agora são 02:48(AM). Depois de ficar navegando na Internet resolvi procurar assuntos relacionados ao uso da cocaína. Esse assunto me atrai muito, mas no bom sentido. Infelizmente tenho amigos que estão presos a esse vício. Torço, sempre, para que as pessoas abram os olhos para a realidade. Sei que não é fácil parar, mas um pouco de força de vontade ajuda muito. Um bom exercício é você pensar em alguém ou alguma coisa que lhe agrade muito. Pare de usar por elas. Claro que o usuário deve parar por amor a própria vida. Só que infelizmente há pessoas que simplesmente perdem o amor a sua própria vida. Não critico. Jamais. Eu não sei, mas essa pessoa com certeza tem um motivo muito forte pra reagir dessa maneira. Ao invés de criticar, eu procuro ajudar, fazendo a pessoa enxergar o quanto é importante. Bom, só concluindo o exercício: Se a pessoa não se importa pela própria vida, deve se importar com pessoas que estão próximas e sofrendo com tudo isso. Se você, usuário, não se importa com sua vida, pare pra pensar na tristeza que está causando na pessoa que está ao seu lado. Sua família, amigos, conjugue. Enfim, sempre há alguém que sofre com o envolvimento de determinada pessoa nas drogas. Fazendo isso, já é um começo. E logo perceberá que se destruir não é a solução. Automaticamente voltará a se amar.

Eu procuro, de todas as formas, mostrar que este é o pior caminho. Mesmo que no começo, pareça que tudo está ficando bem com o uso da cocaína, não é bem assim que permanecerá. Ela parece ser amiga, só que na verdade não passa de uma "amiga" traiçoeira, que passará a perna em quem usa, fazendo-o(a) entrar em encrencas terríveis. Sei que, no momento, enquanto estiver sob efeito tudo estará bem e perfeito. A sensação de bem estar será maravilhosa. Porém quando o efeito passar o usuário continuará triste, vazio, com vontade de se matar. É nesse momento que a tentação baterá na porta, oferecendo cada vez mais. Definitivamente não vale a pena ser escravo de uma coisa tão suja, como a cocaína.

Para você entender melhor sobre o assunto, selecionei um texto que pesquisei no Google.


Nele você encontrará maiores explicações sobre a cocaína. Caso você conheça um usuário, mostre meu texto com muito carinho.

Quero pedir com muito carinho: Não trate essa pessoa como se ela fosse culpada por estar usando. Tente mostrá-la o quanto ela é importante pra você. Mostre que vale a pena viver. E que não é preciso usar essa droga para ser feliz e sentir a sensação de liberdade. Ajude ao invés de criticar. Pois não sabemos o dia de amanhã. Foi com esse propósito que escrevi meu livro, Encontrando a felicidade. Quero mostrar que o verdadeiro caminho para a felicidade não está nas drogas.

Fico por aqui. Ótima semana a todos!

2 comentários:

Blogando com Bebeth disse...

Obrigada pela visita ao meu blog.
Você e Pastor Barbosa são a mesma pessoa?

Visitei o outro blog, de estudo bíblico e gostei muito.

Cocaina ... o nome já diz ...uma droga.
E quantas pessoas conhecemos que foram totalmente destruida por ela.
:(

Bom demais quando os viciados se abrem à ação do Espirito Santo de Deus e permitem seu mover em suas vidas.

Já presenciei isso entre pessoas conhecidas.
Lindo de se ver!

Juliana Lira disse...

Oi

Achei ótima a sua iniciativa, esse é um assunto que merece espaço e um olhar apurado.

Sucesso sempre!

Milhoes de beijos