sábado, 26 de junho de 2010

Enquanto há vida, há esperança

Hoje o dia está meio agitado, mas estou conseguindo me equilibrar nas ondas fortes da vida. A cada dia vivo e aprendo novas coisas. Aprendi que nem tudo é motivo de chorar, desesperar-se, querer se matar... A vida é está sendo muito atraente para mim. Acordar pela manhã e respirar este ar maravilhoso é uma grandiosa dádiva de Deus para nossas vidas. Ah, como é bom essa sensação de liberdade. Como é bom abrir a janela do ônibus e sentir a brisa brincar sobre a pele. Toda vez que isso acontece, eu sinto Deus me acariciando e demonstrando o quanto sou amado e importante para Ele.
Ás vezes vem o desanimo para tentar me fazer parar... Porém a vontade de viver é mais forte dentro de mim. E existe uma coisa que sempre me faz acreditar e perseverar... Que é a esperança.
Costumo dizer aos meus amigos o seguinte: "Sempre que se sentir acurralado, e quando pensar que não irá conseguir, não se entregue. Pelo contrário, coloque a mão sobre seu peito, e enquanto você sentir algo batendo dentro dele, saiba que esse algo é a Esperança".
Enquanto há vida, há esperança.

8 comentários:

Maria disse...

Lindo texto!
bom final de semana.

RETIRO do ÉDEN disse...

Belo texto. Muito forte e verdadeiro. Vamos em frente, meu querido jovem escritor.
Forte abraço
Mer

Nina Tavares disse...

Muito lindo seu texto, Joéliton! Parabéns!

Sueli disse...

Meu querido, tudo ficará melhor ainda quando você conhecer a grande força que existe dentro de você, capaz de vencer qualquer obstáculo. Essa força é uma partícula divina. Não a despreze. Encontre-a. Abração!

Mari Amorim disse...

A vida por si só,já é uma dádiva!
Boas energias,
Mari

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Um abraço, amigo Joéliton

Fernanda disse...

Por onde andas? Beijos de amizade e carinho

Mari Amorim disse...

Concordo com o teu texto,a esperança nos direciona.
Tenha,um dia feliz,com paz,saúde e sucesso!
Boas energias,
Mari